"Foca"da

Pondo a verdade em foco

Meio ambiente e arte se misturam no CFW

Participando no Capital Fashion Week como jornalista, tive a oportunidade juntamente com a minha colega de classe, Mariana Sadeck, de praticar um pouco. Fiz uma matéria que foi postada no site do Iesb na semana posterior ao evento. A matéria é transcrita a seguir…

Em sua 5ª edição, o Capital Fashion Week está sendo realizado no Centro de Convençoes Ulisses Guimarães, entre os dias 17 a 20 de setembro. O evento, que é viabilizado pela organizadora Márcia Lima, visa à expansão da indústria de moda na capital, que ocupa o 3º lugar em pólo consumidor do Brasil e apresenta inovação, defesa ao meio ambiente e modernidade.

O IESB marca presença com seu estande, o empório IESB. Decorado com linhas, tecidos, botões e agulhas o objetivo do estande é divulgar moda e gastronomia. Os estudantes da faculdade de gastronomia do 1º e 3º semestre prepararam trufas, que foram servidas com espumantes para degustação do público. Outro atrativo é a exposição das bonecas japonesas Blythes. As 16 bonecas foram disponibilizadas ao Iesb por colecionadoras e vestidas pelos alunos do curso de Design de Moda, responsáveis por toda criação de seus vestuários.

Nos demais estandes, a tendência é a moda da sustentabilidade, a preocupação com o meio ambiente, e a questão social. Como é evidenciado na coleção da marca mineira Arabesque. A sua 2ª coleção insprirada no mar, por ser um foco de preocupação em relação ao aquecimento global. As roupas, feitas de malha e fibra de bambu, são 100% ecológicas e com estampas exclusivas, além disso, possuem preços acessíveis, sua peça mais cara é de R$92,00.

Um dos destaques em inovação é a marca Suzana Rodrigues que fabrica biojías e está no mercado há 5 anos, e pela 1ª vez marca presença no CFW. Por também seguir o tema central de sustentabilidade, tem a política de não utilizar sementes em extinção. Utilizam sementes que são colhidas por índios Guaranis, e cooperativas de pessoas carentes.

A arquitetura de Brasília é a inspiração de designer de jóias Paulo di Zêzo. As peças são constituídas a partir de sua visão das obras de Oscar Nyemaier, dando movimento às formas que são um sí mbolo da Capital.

No comments yet»

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: