"Foca"da

Pondo a verdade em foco

Perfil do anti-herói

A “jornada do herói”, idealizada por Joseph Campbell e baseada em heróis mitológicos, estabelece um paralelo entre, a produção de histórias e as séries atuais. Ou seja, mudam-se os meios para contá-las, mas a base para formular uma história continua a mesma. A mesma história é contada pela humanidade e o que mudam são os detalhes.

O seriado Dexter exemplifica essa jornada. A trama é baseada no livro de Jeff Lindsay, “Darkly Dreaming Dexter”. A série acompanha o dia-a-dia de Dexter Morgan, serial killer, que quer fazer do mundo um lugar melhor. Então ele mata somente os bandidos que não recebem a punição que merecem da justiça. O que o caracteriza como anti-herói, por não ser o herói convencional, e sim um assassino que pratica a maioria das ações nas cenas.

O mentor é descrito na figura de seu pai adotivo, um policial em Miami. Ele, a princípio, nota que o filho tem um lado ruim, quando o menino mata um cachorro, e descobre que tem mais do que ossos de um cachorro enterrado.

Ao conversar com o garoto, estabelece um vínculo sombrio. Promete ensinar tudo que sabe sobre esconder evidencias ao filho. E, como condição, faz um trato de que Dexter irá canalizar sua vontade àqueles que “merecem” a morte. E, assim, começa a jornada do herói, o ponto sem retorno.

Dexter assimilou as artimanhas de esconder evidências com seu desejo incessante por sangue. E tornou-se um policial da polícia de  Miami especia em sangue. O Sgt. James Doakes é o antagonista, porque é contra o herói. São essas falhas de comportamento que humanizam o personagem, e é o que ajuda o público a compreender a razão do lado obscuro de Dexter, pois a imperfeição é uma característica humana.

A sombra do psiquismo de Dexter é representada por seu passado reprimido, que é a razão da sua necessidade de matar. Ele é tomado pela sombra. É o anti-herói das teorias de Vogler.

No comments yet»

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: